quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

"Landonas"antigas


Antigamente, os pobres vagueavam pelo mundo.
Quando aparecia algum na aldeia toda a gente o mandava para casa da tia Libânia e do tio Gaudêncio, onde nunca faltava um cantinho junto ao lume e um palheiro quente onde pernoitar.
Nas noites frias de Inverno, ao serão e à volta do lume, estes pobres contavam muitas "landonas" e historietas que ficaram na memória dos mais velhos.
Um deles, vindo do "nada", pois ninguém sabia de onde ele era, chamavasse  Oliveira. Quando não estava com "o grão na asa" contava histórias que encantavam quem o ouvia.O Oliveira vivia nas ruínas de uma casa e da "bondade" das pessoas."Desvia-te nerguilho que o Oliveira quer passar!"dizia ele quando estava com a "pingoleta"...
Outros, entre muitos, eram o Greguilho de Sabariz e o Felisberto Nabalheiro que contaram muitas "landonas" que vamos registar para que não se percam no tempo.
Geralmente eram mandamentos e responsos, por sinal, bem "picantes"...Aqui vão alguns....

- Mandamentos do pobre -
São nove:
1ºDormir em palheiro
2ºAndar pelo mundo
3ºNão comer galinha nem carneiro
4ºNunca farto
5ºNão beber vinho branco nem tinto
6ºOlho listo e pé ligeiro
7ºNem fiado nem de empréstimo
8ºPiolho de rabo
e o nove, vê-se o cu ao pobre.


- Responso da ovelha ladrona -
Se queres que o lobo te não coma
Deita o rabo por cima da sanfona
E vai com duas horas de Sol
P`ra porta da tua dona.

- Mandamentos dos criados -
Altos mijaremos nós
Por muitas esmolas e mercês
Faltou-nos pão aos dois comeres
Mas chicha ainda temos menos
A culpa não a temos
A culpa é dos nossos amos
Deus lhes faça a eles moços e a nós amos
P`ra saberem as fomes que rapamos.

- Mandamentos do nabo -
São cinco :
 1º é nabo
 2º nabiça
3º grelo
4º cagá-lo
e 5º comê-lo.
- Responso do peido-
Este peido é cortez
É filho do rapa três
Quem o baptizou foi o Papa
E pôs-lhe o nome de Rapa
É d`engarganta-o tu
Livra  a nós e mama-o
Abre a boca e apanha-o.


- Responso do cão -
Abre-te minha boca
E estende-te meu rabo
Vamos daqui à cozinha
Ver se há qualquer coisa mal arrecadada
Deus nos dê mulheres descuidadas
E nos livre de rapazes novos em caleijos apertados.

1 comentário:

  1. Querida Tia,
    parabéns por mais este teu trabalho.
    Beijinhos aqui do sul.

    ResponderEliminar